Consultas

Neurologia

Neurologia é a especialidade médica que trata dos distúrbios estruturais do sistema nervoso. Especificamente, ela lida com o diagnóstico e tratamento de todas as categorias de doenças que envolvem os sistemas nervoso central, periférico e autônomo, incluindo os seus revestimentos, vasos sanguíneos, e todos os tecidos efetores, como os músculos. O correspondente cirúrgico da especialidade é a neurocirurgia.

O neurologista, médico que se especializou em neurologia, é treinado para investigar, diagnosticar e tratar distúrbios neurológicos. O neuropediatra trata doenças neurológicas em crianças. Neurologistas também podem estar envolvidos na pesquisa clínica, ensaios clínicos, bem como em pesquisa de ciências básicas da medicina.

Neuropediatria

A NI é uma especialidade que tem objeto de estudo definido, detém semiologia própria e complexa, utiliza variado repertório de exames complementares e exerce funções médicas singulares. A formação profissional é bastante elaborada e exige competências específicas em Pediatria e em Neurologia. Trata-se de uma especialidade de diferenciação terminal, ou seja o neurologista infantil não cuida de adultos com problemas neurológicos nem pratica pediatria geral. Todos os programas de formação em NI atualmente existentes exigem pelo menos um ano de treinamento em Pediatria (a maior parte solicita dois anos), seguidos de seis meses ou 1 ano de formação de Neurologia Geral e um ano e meio a dois anos e meio, totalmente dedicados a NI.

Clínica Geral

Clínica médica, no Brasil também conhecida como Medicina Interna, é a especialidade médica que trata de pacientes adultos, atuando principalmente em ambiente hospitalar. Inclui o estudo das doenças de adultos, não cirúrgicas, não obstétricas e não ginecológicas, sendo a especialidade médica a partir da qual se diferenciaram todas as outras áreas clínicas como Cardiologia, Reumatologia, Oncologia, Alergologia, Endocrinologia, Gastrenterologia, Hematologia, Nefrologia e Pneumologia.

Pediatria

A pediatria é a especialidade médica dedicada à assistência à criança e ao adolescente, nos seus diversos aspectos, sejam eles preventivos ou curativos. Pessoas como crianças e adolescentes se estiverem com doenças devem dirigir-se ao seu pediatra.

Os aspectos preventivos envolvem ações como aleitamento materno, imunizações (vacinas), prevenção de acidentes, além do acompanhamento e das orientações necessárias a um crescimento e desenvolvimento saudáveis (puericultura). Já os curativos correspondem aos diversos procedimentos e tratamentos das mais diversas doenças exclusivas ou não da criança e adolescente.

O pediatra é o médico com formação dirigida exclusivamente para os cuidados da criança e do adolescente, com uma formação que compreende no mínimo dois anos de residência médica ou curso de especialização equivalente a pós-graduação, entretanto, somente os profissionais que concluíram curso de residência médica conseguem a inscrição da especialidade junto ao registro do CRM.

Medicina Estética

Medicina Estética requer a verticalização do conhecimento médico e o conseqüente estudo e desenvolvimento da ciência para a aplicação de um conjunto de atos, procedimentos médicos, orientações e atenção psicológica, hábitos de vida e alimentares, estudos e conhecimentos farmacológicos de produtos equipamentos e materiais além de recursos tecnológicos destinados a prevenir, identificar e corrigir ou alterar conformações anatômicas e inestetismos decorrentes de patologias orgânicas congênitas ou adquiridas, acidentes, iatrogenias ou do próprio envelhecimento natural que afetam as relações biopsicosociais dos indivíduos.

A Medicina Estética realiza um programa de Medicina Social, preventiva, curativa e reabilita o indivíduo para a sua reintegração social, familiar e ao trabalho, tendo com objetivo principal a construção ou a reconstrução do equilíbrio psicofísico do ser humano.

Os procedimentos aplicados na Medicina Estética são considerados atos médicos que requerem uma abordagem do paciente de forma abrangente, que pressupõe uma anamnese especial, exame físico e formulação de diagnóstico clínico e diferencial, indicação e realização de tratamento clínico e/ou cirúrgico, mediante análise de eventuais contra-indicações relativas ou absolutas, formulação de prognóstico, orientações individuais e gerais quanto à prevenção de doenças, alteração de função de órgãos ou agravos à saúde relacionados com fatores geradores de inestetismo.

Dermatologia

Dermatologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento clínico/cirúrgico das doenças que acometem o maior órgão do corpo humano – a pele, tendo em média 2 metros quadrados de área em um indivíduo adulto. A especialidade engloba ainda as doenças que acometem os anexos cutâneos: cabelos e unhas, bem como as mucosas (ex: boca e genitais).

A Dermatologia atua em todos os processos fisiopatológicos que envolvem a pele: desde simples infecções, reações autoimunes e inflamatórias, e tumores. A hansenologia é outra importante área de atuação da dermatologia. Por lidar com a pele, a dermatologia é a especialidade médica mais indicada para atuação em cosmiatria.

Traumatologia

É a especialidade médica que investiga, diagnostica, trata e acompanha enfermidades relacionadas com fraturas e lesões ósseas e tendinosas provocadas por eventos traumáticos no aparelho músculo-esquelético ou locomotor, composto por: braços, mãos, pés, pernas, coluna, bacia, músculos, tendões e ligamentos.Atualmente, no Brasil, a Traumatologia e a Ortopedia são especialidades unificadas.

Os acidentes mais comuns atendidos e tratados pelo traumatologista são traumas desportivos, acidentes domésticos, de trânsito, e de trabalho. O trauma também poderá ser causado pelo aumento na velocidade de locomoção de ser humano, antes considerado como acidente, hoje, considerado como uma doença.

Medicina do Trabalho

É uma especialidade médica, que tem como fundamento a preservação da saúde do trabalhador. O médico do trabalho avalia a capacidade do candidato à determinada ocupação e realiza reavaliações periódicas de sua saúde, dando ênfase aos riscos ocupacionais aos quais os trabalhadores ficam expostos.

Quando se dá início em uma nova empresa, é exigido um exame médico para por todos os funcionários, geralmente exames rápidos como a análise da frequência cardíaca, as condições físicas, entre outros exames que detectam como está sua saúde.

Periodicamente, são realizados exames para se ter uma noção exata de como estão as condições dos trabalhadores, referente à saúde e ao psicológico de todos da empresa.

Quiropraxia

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Quiropraxia é uma profissão da saúde que lida com o diagnostico, tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético e dos efeitos destas desordens na saúde em geral. Há uma ênfase em técnicas manuais, incluindo o ajuste e/ou a manipulação articular, com um enfoque particular nas subluxações.
Os conceitos e os princípios que distinguem e diferenciam a filosofia da Quiropraxia de outras profissões de saúde são de grande importância para a maioria dos quiropraxistas e influenciam profundamente a atitude e a abordagem destes em relação à atenção à saúde.
A relação entre a estrutura, particularmente a coluna vertebral e o sistema músculo-esquelético, e a função, especialmente coordenadas pelo sistema nervoso, constitui a essência da Quiropraxia e o seu enfoque para a restauração e preservação da saúde.
Hipoteticamente, conseqüências neurofisiológicas significativas podem ocorrer como resultado de distúrbios funcionais mecânicos da coluna vertebral, descritos pelos quiropraxistas através do termo subluxação ou complexo de subluxação.
O exercício da Quiropraxia enfatiza o tratamento conservador do sistema neuro-músculo-esquelético, sem o uso de medicamentos e procedimentos cirúrgicos. Causas e conseqüências biopsicossociais também são fatores significativos na abordagem do paciente.

Fisioterapia

Fisioterapia é uma ciência da saúde aplicada ao estudo, diagnóstico, prevenção e tratamento de disfunções cinéticas funcionais de órgãos e sistemas. Sua gestão necessita do entendimento das estruturas e funções do corpo humano. Ela estuda, diagnostica, previne e trata os distúrbios, entre outros, cinético-funcionais (da biomecânica e funcionalidade humana) decorrentes de alterações de órgãos e sistemas humanos. Além disso, a Fisioterapia estuda os efeitos benéficos dos recursos físicos como o movimento corporal, as irradiações e correntes eletromagnéticas, o ultrassom, entre outros recursos, sobre o organismo humano. É a área de atuação do profissional formado em um curso superior de bacharelado em Fisioterapia. O fisioterapeuta é capacitado a diagnosticar disfunções, avaliar, reavaliar, prescrever (tratamento fisioterapêutico), emitir prognóstico, elaborar projetos de intervenção e decidir pela alta fisioterapêutica.

É administrada em consultórios, clínicas, centros de reabilitação, asilos, escolas, domicílios, clubes, academias, residências, hospitais, empresas, unidades básicas ou especializadas de saúde, pesquisas, entre outros, tanto por serviços públicos como privados. Atua nas mais diferentes áreas com procedimentos, técnicas, metodologias e abordagens específicas que têm o objetivo de avaliar, tratar, minimizar problemas, prevenir e curar as mais variadas disfunções. Além disto, a complexidade da profissão reside na necessidade do entendimento global do ser humano, por meio da anatomia, citologia, fisiologia, embriologia, histologia, biofísica, biomecânica, bioquímica, cinesiologia, farmacologia, neurociências, genética, imunologia, além da antropologia, ética, filosofia, sociologia, deontologia, e outras ciências de formação geral.

Acupuntura

A acupuntura é uma terapia milenar chinesa que consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo. Estas agulhas são aplicadas pelo acupunturista no local correspondente à situação a ser tratada, no próprio local e/ou no meridiano correspondente à doença a ser tratada.

Acupuntura auricular

A acupuntura auricular, chamada de auriculoterapia, pode ser feita com ou sem agulhas, vai depender da necessidade terapêutica do indivíduo. A técnica consiste em aplicar sementes de mostarda ou outras pequenas esferas em determinados pontos da orelha de forma a tratar diversas doenças físicas ou emocionais.

Acupuntura estética

A acupuntura estética é uma área desta medicina oriental que visa o embelezamento através da aplicação de agulhas em determinados pontos do corpo pois ela conseguem melhorar a circulação sanguínea, promover o crescimento das células de sustentação e pode ajudar até mesmo a drenar os líquidos em excesso e combater a gordura.

Acupuntura para emagrecer

A acupuntura pode ser utilizada para emagrecer pois ela atua de duas formas, através da eliminação de toxinas, líquidos em excesso e gorduras e auxilia no equilíbrio emocional do indivíduo sendo útil para combater a ansiedade e a depressão, por exemplo, que podem fazer com que o indivíduo refugie-se na alimentação.

Acupuntura funciona?

Existem diversas comprovações científicas de que a acupuntura funciona, contudo no Brasil, ela só deve ser utilizada como forma complementar do tratamento clínico, isto é, daquele orientado pelo médico.

Para que serve a acupuntura

A acupuntura serve para:

  • distúrbios hormonais
  • insônia
  • asma
  • sinusite
  • distúrbios menstruais
  • doenças auto-imunes
  • doenças crônicas
  • disfunções estéticas
  • doenças de pele
  • doenças ortopédicas

Além de muitas outras, pois a acupuntura pode ser realizada como forma complementar de tratamento para todas as doenças e distúrbios emocionais. Esta terapia alternativa faz parte da medicina tradicional chinesa e tem mais de mil anos de existência, sendo eficaz para todos os tipos de doença, trazendo mais equilíbrio para o indivíduo.

Quem pode fazer acupuntura

Qualquer um pode fazer acupuntura, estando doente ou não. Ela é indicada inclusive para crianças, mas no caso delas a acupuntura pode ser feita com laser, para que a criança não tenha medo das agulhas.

A acupuntura é uma terapia milenar chinesa que consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo. Estas agulhas são aplicadas pelo acupunturista no local correspondente à situação a ser tratada, no próprio local e/ou no meridiano correspondente à doença a ser tratada.

Acupuntura auricular

A acupuntura auricular, chamada de auriculoterapia, pode ser feita com ou sem agulhas, vai depender da necessidade terapêutica do indivíduo. A técnica consiste em aplicar sementes de mostarda ou outras pequenas esferas em determinados pontos da orelha de forma a tratar diversas doenças físicas ou emocionais.

Acupuntura estética

A acupuntura estética é uma área desta medicina oriental que visa o embelezamento através da aplicação de agulhas em determinados pontos do corpo pois ela conseguem melhorar a circulação sanguínea, promover o crescimento das células de sustentação e pode ajudar até mesmo a drenar os líquidos em excesso e combater a gordura.

Acupuntura para emagrecer

A acupuntura pode ser utilizada para emagrecer pois ela atua de duas formas, através da eliminação de toxinas, líquidos em excesso e gorduras e auxilia no equilíbrio emocional do indivíduo sendo útil para combater a ansiedade e a depressão, por exemplo, que podem fazer com que o indivíduo refugie-se na alimentação.

Acupuntura funciona?

Existem diversas comprovações científicas de que a acupuntura funciona, contudo no Brasil, ela só deve ser utilizada como forma complementar do tratamento clínico, isto é, daquele orientado pelo médico.

Para que serve a acupuntura

A acupuntura serve para:

  • distúrbios hormonais
  • insônia
  • asma
  • sinusite
  • distúrbios menstruais
  • doenças auto-imunes
  • doenças crônicas
  • disfunções estéticas
  • doenças de pele
  • doenças ortopédicas

Além de muitas outras, pois a acupuntura pode ser realizada como forma complementar de tratamento para todas as doenças e distúrbios emocionais. Esta terapia alternativa faz parte da medicina tradicional chinesa e tem mais de mil anos de existência, sendo eficaz para todos os tipos de doença, trazendo mais equilíbrio para o indivíduo.

Quem pode fazer acupuntura

Qualquer um pode fazer acupuntura, estando doente ou não. Ela é indicada inclusive para crianças, mas no caso delas a acupuntura pode ser feita com laser, para que a criança não tenha medo das agulhas.

Otorrinolaringologia

Otorrinolaringologia é uma especialidade médica, clínica e cirúrgica, responsável pelo diagnóstico e tratamento das doenças da cabeça e do pescoço, especialmente, ouvido (oto), nariz (rhino) e garganta (laringo).

A principal função do otorrinolaringologista (ou, para abreviar, ‘otorrino’) é a de cuidar da audição, da respiração, da voz (englobando as cordas vocais), da garganta e de tudo que estiver relacionado a isso, como o sono e as alergias das vias respiratórias.

Os sinais e sintomas mais comuns das doenças tratadas pelos otorrinos são:

Nariz entupido
Dor de cabeça
Dor na face
Secreção nasal
Sangramento nasal
Dificuldade auditiva/surdez
Zumbido
Tontura
Secreção no ouvido
Sangramento no ouvido
Dor de ouvido
Dor e infecção de garganta
Rouquidão (disfonia)
Pigarro
Tosse
Roncos e apnéia

A avaliação clínica do Otorrinolaringologista (Otorrino) é muito importante para o correto diagnóstico e tratamento dessas afecções. O tratamento pode ser tanto cirúrgico quanto clínico, dependendo de cada caso especificamente.

As principais doenças são:

Rinites
Sinusites
Desvio do septo nasal
Polipose nasal
Distúrbios do sono (apnéia)
Surdez
Otites
Perfuração do tímpano
Distúrbios do labirinto, labirintites
Amigdalite/faringite
Adenóides e amigdalas aumentadas
Paralisia facial
Distúrbios da deglutição
Alterações das pregas vocais

Quando procurar um otorrino?

Geralmente o profissional é procurado após indicação de um outro médico, na maioria das vezes um clínico-geral ou pediatra. Mas o paciente pode e deve procurar o otorrino, sempre que perceber que está com problemas relacionados aos ouvidos, nariz e garganta.

O otorrinolaringologista acompanha o indivíduo desde o nascimento até a velhice, tratando das principais doenças que acometem cada fase da vida. Na infância as otites e amigdalites são mais frequentes, na idade adulta, as rinite, sinusites, rouquidão e nos idosos, a surdez e os distúrbios do equilíbrio.

Nutrição

O atendimento clínico é realizado individualmente. O nutricionista faz um diagnóstico nutricional para elaborar uma dieta que atenda às necessidades do paciente. Para isso, investiga o estado de saúde do paciente, seus hábitos alimentares e seu estilo de vida.

A análise de saúde é feita através de medições de peso, altura, quantidade de gordura e massa muscular. O nutricionista solicita exames bioquímicos, como exames de sangue e urina, para complementar sua análise. Além disso, o nutricionista faz uma série de perguntas ao paciente para investigar o histórico familiar de doenças, seus hábitos alimentares e qual é o seu estilo de vida (se costuma se exercitar, se trabalha em escritório, se o trabalho exige força física, etc.).

Através desta análise, o nutricionista pode estabelecer uma dieta específica para cada paciente, seja para fins estéticos ou para adequar a alimentação em função de algum problema de saúde (diabetes, obesidade, cardiopatias etc.). Caso o paciente esteja fazendo algum tratamento de saúde (seja em casa ou internado em hospital), o nutricionista acompanha este paciente, prescrevendo e adequando sua dieta para cada fase do tratamento.

O nutricionista promove a educação alimentar, orienta o paciente sobre como combinar os alimentos, o que deve ser priorizado na alimentação e o que deve ser evitado. Esta educação alimentar permite ao paciente fazer suas próprias escolhas e montar seu cardápio conforme suas necessidades.

Endocrinologia

O Endocrinologista é o médico que cuida dos transtornos das glândulas endócrinas. As glândulas endócrinas são órgãos que secretam substâncias no sangue,  conhecidas como hormônios.

A Endocrinologia visa reconhecer e tratar os problemas com esses hormônios, ajudando a restabelecer o equilíbrio do organismo. O campo de atuação do endocrinologista é extremamente vasto, visto que os hormônios regulam praticamente todas as funções orgânicas, e portanto as alterações hormonais podem provocar diversas doenças, envolvendo o organismo como um todo

Psiquiatria

Psiquiatria é uma especialidade da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico ou funcional, com manifestações psicológicas severas.

Ginecologia

A ginecologia é a prática da medicina que lida diretamente com a saúde do aparelho reprodutor feminino (vagina, útero e ovários) e mamas. Seu significado literal é “a ciência da mulher”.

Cardiologia

Cardiologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento das doenças que acometem o coração bem como os outros componentes do sistema circulatório.

Geriatria

É a especialidade médica que se integra na área da Gerontologia com o instrumental específico para atender aos objetivos da promoção da saúde, da prevenção e do tratamento das doenças, da reabilitação funcional e dos cuidados paliativos.

Abrange desde a promoção de um envelhecer saudável até o tratamento e a reabilitação do idoso. O processo de envelhecimento impacta no comportamento orgânico, demandando abordagens diferenciadas, assim como crianças e jovens apresentam especificidades que são tratadas pelo pediatra.

Fonoaudiologia

É responsável pela promoção da saúde, prevenção, avaliação e diagnóstico, orientação, terapia (habilitação e reabilitação) e aperfeiçoamento dos aspectos fonoaudiológicos da função auditiva periférica e central, da função vestibular, da linguagem oral e escrita, da voz, da fluência, da articulação da fala e dos sistemas miofuncional, orofacial, cervical e de deglutição.

Ideal Clínicas Odontologia

A Ideal Clínicas cuida do seu sorriso!

Uma equipe multidiciplinar e especializada, atua como todo a Clínica, atendendo pessoas e promovendo a felicidade, sendo o sorriso  uma grande expressão de saúde.

Nossa clínica tem acesso fácil e estacionamento.:

Ambiente climatizado

Wi-Fi

Psicologia Clínica

Psicologia Clínica é a parte da psicologia que se dedica ao estudo dos transtornos mentais e dos aspectos psíquicos de doenças não mentais. Seus temas incluem a etiologia, classificação, diagnóstico, epidemiologia, intervenção (prevenção, aconselhamento, psicoterapia, reabilitação, acesso à saúde, avaliação).

Laboratório

A Ideal Clínicas firma parceria com o Laboratório Santa Helena.

O Laboratório Santa Helena tem mais de 60 anos de tradição e qualidade, parceria que orgulha a Ideal Clínicas.

Conectado as tecnologias o Laboratório Santa Helena, parceiro da Ideal Clínicas, facilita os resultados e atendimentos, de forma qualificada e eficaz.

Laboratório Santa Helena há mais de 15 anos participa do controle de qualidade da SBAC e PNCQ, sendo certificado na garantia ouro, tendo recebido em 2014 o CERTIFICADO DE ACREDITAÇÃO.

Exames: Atua na área da Bioquímica, Imunologia, Microbiologia, Hematologia, Parasitologia, Citologia e Anatomia Patológica.

www.labsantahelena.com.br

Desenvolvido por AgênciaWn - Criação de sites e Loja Virtual